Sustentabilidade

A Política de Sustentabilidade Biocross coloca em prática seus projetos, processos e operações, evidenciando sua responsabilidade socioeconômica e ambiental.

ANTECIPAÇÃO E PREVENÇÃO DE FALHAS

Atuar preventivamente, visando evitar falhas de processo, acidentes de trabalho, riscos à saúde, poluição ambiental, e minimizando impactos sociais e ambientais negativos. Aplicar em todos os projetos de investimento e operações da empresa uma análise prévia de gestão de riscos, impactos e oportunidades nos aspectos ambiental, social e econômico. Investir e utilizar tecnologias que permitam – a custo compatível – maximizar a ecoeficiência, a segurança e a sustentabilidade dos processos produtivos, produtos comercializados e modais de transporte.

LEGISLAÇÃO COMO BASE

Atuar em plena conformidade com a legislação e demais requisitos aplicáveis e buscar melhorias contínuas que nos levem, em todos os territórios de atuação, a superar progressivamente padrões internacionais em saúde e segurança, condições de trabalho, gestão ambiental, relações trabalhistas e respeito aos direitos humanos.

ORGANIZAÇÃO E DISCIPLINA

Trabalhar de forma organizada e disciplinada, adotando práticas rigorosas de planejamento, execução, monitoramento e ação corretiva, buscando o uso responsável e eficiente dos recursos naturais. Em termos de responsabilidade sobre o produto, incentivar o uso e reciclagem.

RESPEITO E ÉTICA

Manter uma postura ética e transparente em todas as atividades e relacionamentos de negócios. Buscar excelência em nossa administração, nos processos operacionais, na qualidade dos produtos e relacionamentos com partes interessadas. Difundir a atuação sustentável em nossa cadeia produtiva. Adotar padrões e práticas globais de sustentabilidade, respeitando a soberania da legislação local.

APOIO BIOCROSS

Hoje, a Biocross do Brasil Fertilizantes é participante do projeto social “Empresa Amiga da Amazônia”. Recebemos o selo Eco Friendly por apoiar um projeto social da Cia Têxtil de Castanha, em Castanhal/PA em parceria com a Ecobags Brasil, que envolve 15.000 famílias de ribeirinhos da região Amazônica, que cuidam do plantio da Juta, colheita, fiação e tecelagem, visando o desenvolvimento sustentável de uma das regiões mais carentes do Brasil, mantendo hospitais, creches e escolas. Todo trabalho é certificado por órgãos internacionais, seguindo normas rígidas de trabalho salutar.

Galeria de Fotos